Mais sobre nós

 BRUNO DESPACHANTE

Conquistamos nossos clientes pela confiança e qualidade no atendimento e nos serviços prestados. Isso é o que nos permite estar há tantos anos nesse ramo atendendo a todos com excelência e respeito.

Oferecemos ainda, preços acessíveis e condições de pagamento facilitadas - sem dúvida uma delas se encaixará à sua necessidade. Trabalhamos para que nosso cliente possa ter tranquilidade e evitar toda a burocracia e estresse que giram em torno desse tipo de serviço, com a garantia de que terá um serviço bem executado e sem problemas posteriores.

Investimos no aprendizado e reciclagem de nossa equipe para que possam oferecer sempre a melhor solução caso a caso. Acreditamos que investindo nas pessoas, elas executarão os processos de maneira mais eficiente, proporcionando maior satisfação para nossos clientes, e isso é o que torna nosso serviço diferente dos demais desse ramo. 

Esteja sempre atento às datas, prazos e valores para não ser punido junto aos órgãos reguladores, ou confie sua documentação ao Bruno Despachante e relaxe, nós cuidaremos de tudo para você! 

Atendemos em todas as regiões de São Paulo, venha nos fazer uma visita!

 

Missão

Buscar permanente excelência no atendimento e execução dos serviços, levando satisfação aos nossos clientes e colaboradores.

Visão

Oferecer soluções eficientes em serviços de despachantes, capazes de satisfazer e superar as expectativas do cliente.

Valores

Atendimento personalizado, pautado na ética, respeito e profissionalismo ao melhor Custo x Benefício.

Diferencial

Manter sempre uma comunicação clara e objetiva com nossos clientes em todas as etapas do serviço prestado.

Dúvidas Frequentes

 Meu carro foi multado, posso licenciá-lo sem pagar multa?
Não, o artigo 131 §2º diz que o veículo só pode ser licenciado após serem pagas todas as multas e encargos sobre ele, mas segundo resolução do STF, quando a multa estiver em processo de recurso, o pagamento será suspenso.

 Sou obrigado a assinar o auto de infração que o PM ou Agente de trânsito preenche quando cometo uma infração?
Não, você não é obrigado a assinar o auto de infração, assim sendo, estará acontecendo um crime de abuso de autoridade.

 Quando houver fiscalização eletrônica, é necessário que antes dela exista sinalização informando a sua presença?
Sim, as resoluções 079/98 e a 820/96 obrigam a presença de sinalização informando a presença de fiscalização eletrônica, ao longo de todo o trecho da via que será fiscalizada, devendo existir também a 300 metros de cada aparelho de fiscalização.

 É necessário que o aparelho eletrônico de fiscalização seja aferido anualmente pelo INMETRO?
Sim, a resolução 023/98 assim o obriga e, também, quando for detectado alguma irregularidade no seu funcionamento ou quando o aparelho sofrer manutenção.

 Quais são as oportunidades de defesa que eu tenho para recorrer de uma multa?
A defesa começa com a apresentação da DEFESA PRÉVIA, que deverá ser apresentada em 30 dias (ou no prazo estabelecido pela autoridade de trânsito) nesse momento, o condutor ainda não foi multado, é o momento de apresentar a sua defesa junto a autoridade de trânsito que, indeferindo o pedido, multará o infrator que pode recorrer apresentando o RECURSO DE IMPOSIÇÃO DE MULTA, junto a JARI, que julgando improcedente o recurso, o condutor poderá dar entrada no CETRAN (Conselho Estadual de Trânsito) ou no CONTRAN, encerrando a instância administrativa. desse ponto em diante o caminho é a Justiça Comum.

 O carro está em nome de outra pessoa, mas eu estava dirigindo quando ela foi multada, quem perderá os pontos na Carteira?
Se o condutor não for identificado, os pontos irão para o proprietário do veículo.

 Vendi meu carro, mas estou recebendo em casa multas que o novo dono está cometendo, o que faço?
Antes de mais nada, quando vender o carro preencha no documento de transferência, o nome do comprador, date e assine, pois isso, o forçará a transferir logo o veículo para o seu nome (para não pagar multa), tire uma cópia e a envie ao Detran conforme estabelece o artigo 134. Guarde com você, o nome completo do comprador com endereço, CPF e/ou identidade.  No caso da pergunta, você deve levar um documento ao Detran, informando que o veículo já não é mais seu desde a data da venda (informar a data), solicitando que o próximo licenciamento não seja realizado sem a devida transferência de propriedade. Se você tiver os dados do comprador, informe-os ao Detran.

 É verdade que a partir de meia noite é permitido avançar o sinal vermelho ou estacionar na calçada?
Não, a não ser que exista sinalização informando sobre a permissão e os horários estabelecidos, ou outra informação oficial qualquer.

 Os pontos perdidos ficam na carteira até quando?
Os pontos perdidos permanecem no prontuário do condutor durante um ano, a contar da data da aplicação da penalidade (isso para cada infração), após esse período, eles desaparecem, mas a infração fica registrada durante toda a vida do condutor.

 Comprei um carro mas não sou habilitado, se uma pessoa, sendo habilitada, for multada dirigindo esse veículo e ela não foi identificada, a perda dos pontos irá para quem?
Nesse caso, o proprietário do veículo deverá informar ao Detran quem dirigia o veículo, se o condutor não informar, o proprietário deverá pagar as multas, mas como ele não é habilitado, ninguém perderá os pontos.